AARS Promove Oficina Sobre Gestão da Preservação de Documentos Arquivísticos Digitais

Na noite de 15 de setembro, última terça-feira, realizou-se a segunda do Segundo Ciclo de Oficinas promovidos pela AARS. O segundo ciclo é composto por quatro oficinas sobre preservação de documentos arquivísticos digitais. As oficinas são online, gratuitas aos associados e com vagas limitadas.

Humberto Celeste Innarelli ministrou o tema gestão da preservação de documentos arquivísticos digitais.

Innarelli possui graduação em Tecnologia em Processamento de Dados pela Faculdade de Tecnologia Americana (FATEC-AM – 1998), especialização em Educação, Interdisciplinaridade e Novas Tecnologias pela ACTA Cursos de Pós-Graduação (ACTA – 2001), mestrado em Engenharia Mecânica pela Universidade Estadual de Campinas (FEM/UNICAMP – 2006) e doutorado em Ciência da Informação pela Universidade de São Paulo (ECA/USP – 2015). Atualmente é profissional de Tecnologia da Informação e Comunicação e diretor técnico do Arquivo Edgard Leuenroth do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Estadual de Campinas (AEL/IFCH/UNICAMP), professor doutor da Faculdade de Tecnologia de Americana (FATEC-AM/CPS); professor convidado do curso de extensão de Introdução à Política e ao Tratamento dos Arquivos da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e coordenador do projeto Repositório Institucional do Conhecimento do Centro Paula Souza – RIC-CPS (CGD/CPS).

O objetivo desta oficina foi apresentar a problemática da preservação de documentos arquivísticos digitais frente às teorias e práticas arquivísticas e às tecnologias da informação e da comunicação (TICs), abordando os princípios e modelo da Gestão da preservação de documentos arquivísticos digitais.
Participaram 21 pessoas – sendo 18 associados efetivos da AARS, e três não associados. Nesta oficina houve também um participante de Bogotá, Colômbia.Miguel Leòn Acuña, arquivista de Alcaldía Mayor de Bogotá.

Você pode gostar...