AARS Promove Oficina Sobre Preservação Digital e instituição de Política de Preservação Digital de documentos Arquivísticos para o Setor Público

Na noite de 08 de setembro, última terça-feira, realizou-se a primeira do Segundo Ciclo de Oficinas promovidos pela AARS. O segundo ciclo é composto por quatro oficinas sobre preservação de documentos arquivísticos digitais. As oficinas são online, gratuitas aos associados e com vagas limitadas.

Carlos Augusto Silva Ditadi e Alex Pereira de Holanda ministraram o tema “Preservação Digital e instituição de Política de Preservação Digital de Documentos Arquivísticos para o Setor Público” das 19h às 22h40min, com um debate muito produtivo no final.

Carlos Augusto Silva Ditadi é Historiador, Especialista do Arquivo Nacional desde 1988, atuou no Conselho Nacional de Arquivos/CONARQ, como membro da Câmara Técnica de Documentos Eletrônicos, Conselheiro representante do Arquivo Nacional e na Coordenação de Apoio ao CONARQ; foi membro do Comitê Nacional do Brasil do Programa Memória do Mundo da UNESCO/MoWBrasil e do Comitê Regional da America Latina e Caribe do MOW/MOWLAC e no momento atua na equipe de Permanência Digital do Arquivo Nacional.

Alex Pereira de Holanda é Arquivista, Especialista em Gestão da Informação, Especialista em Gestão e Preservação do Patrimônio, Mestre em Memória Social e Supervisor da Equipe de Permanência Digital – Coordenação-Geral de Gestão de Documentos do Arquivo Nacional.

O objetivo desta oficina foi expor os principais aspectos da preservação de documentos em formato digital, sua intersecção com os programas de gestão de documentos e tratar da necessidade de institucionalização de políticas de preservação digital para os documentos Arquivísticos digitais, em especial na administração pública.

Participaram 32 pessoas – sendo 26 associados efetivos da AARS, e seis não associados.

Você pode gostar...