Arquivista gaúcho ganha o Prêmio Olga Gallego de Investigação em Arquivos

Jonas Ferrigolo Melo, associado e integrante do Conselho Fiscal da AARS, recebeu o Prêmio Olga Gallego de Investigação em Arquivos, outorgado pela Fundação Olga Gallego, com a dissertação intitulada  Arquivamento dos Websites do Governo Federal Brasileiro: preservação do domínio GOV.BR, defendida pelo Programa de Pós-graduação em Comunicação e Informação (PPGCOM) da UFRGS, sob orientação do professor Dr. Moisés Rockembach.

O mais importante é o reconhecimento pelo valor da ciência…

A fundação tem a missão de “contribuir para a divulgação e proteção dos arquivos e patrimônio documental, através da promoção de estudos e pesquisas sobre arquivo e arquivos, e através do desenvolvimento de atividades de formação”, e leva o nome da arquivista, professora e historiadora Olga Gallego que faleceu em 2010.

A escolha foi justificada pelos jurados como uma temática mais inovadora e por procurar respostas “a um dos mais exigentes desafios da atualidade: o da preservação digital”, completam ainda que o trabalho pode ser considerado uma “estimulante fonte de conhecimento e proposta de evolução”.

Em conversa com a AARS, Jonas explica seu trabalho:

Minha dissertação investiga as possibilidades de preservação dos websites do governo federal brasileiro, e ela defende que o país deveria ter sua política de preservação de documentos digitais incluindo aqueles produzidos em ambiente web.

Além de explicar rapidamente sua dissertação, Jonas responde sobre a importante do prêmio para a arquivologia e sociedade e como os resultados auxiliam na democracia do Brasil, além de uma mensagem aos colegas acadêmicos e profissionais. Escute a conversa na integra:

Jonas também participou do episódio 21 do podcast ECCOA – Arquivologia Fora da Caixa, onde relata sobre sua participação. Confira abaixo:

A AARS parabeniza o associado e Conselheiro Fiscal.

Você pode gostar...