Histórico

Criada em janeiro de 1999, a Associação dos Arquivistas do Estado do Rio Grande do Sul (AARS) surgiu a partir da extinção dos Núcleos da Associação dos Arquivistas Brasileiros (AAB) em julho de 1998, quando os associados do Núcleo Regional do RS se reuniram e, após muita discussão, aprovaram a constituição de uma associação estadual. A associação é dirigida por uma diretoria eleita por dois anos.

Nominata completa das diretorias (1999 – 2020).

Na ata de fundação, constavam trinta e dois nomes de arquivistas que, com muita disposição, conseguiram criar uma entidade forte e reconhecida nacionalmente. Atualmente, a AARS conta com 518 associados cadastrados e é registrada na cidade de Santa Maria, sediada atualmente na Rua João Atílio Zampieri, 419, Bairro Camobi, Santa Maria/RS, CEP 97105490.

A AARS promove, em parceria com outras instituições, como o Arquivo Público do Estado – APERS, o Arquivo Histórico de Porto Alegre Moisés Velhinho, o Curso de Arquivologia da UFSM, da UFRGS, da FURG, seminários, encontros, cursos de aperfeiçoamento e atualização de seus associados. No primeiro semestre realiza o Seminário Regional de Arquivos e no segundo semestre a Semana do Arquivista.

A associação já promoveu também dois congressos nacionais:

Em 2006, o II Congresso Nacional de Arquivologia, com o tema: “Os Desafios do Arquivista na Sociedade do Conhecimento”, realizado em Porto alegre, na Assembléia Legislativa do Estado do RS, com a participação de mais de 450 inscritos no congresso e nos eventos paralelos. Foram cinco dias de debates e palestras, onde se discutiu os desafios do arquivista na sociedade do conhecimento. Na maioria das discussões, foi destaque a necessidade do arquivista mostrar-se mais presente, desenvolver propostas de marketing, sobre o papel do profissional na gestão da informação e do conhecimento e não só na preservação da memória.

Em 2014, o VI Congresso Nacional de Arquivologia, com o tema “Arquivologia, sustentabilidade e inovação”, realizado no Park Hotel Morotin em Santa Maria, com a participação de mais de 500 inscritos no congresso e nos eventos paralelos. As sessões plenárias apresentaram temas como “A Diplomática Contemporânea e a Epistemologia da Arquivologia”, “Inovação em Acesso e Preservação Digital” e “Avaliação de Documentos: Metodologia, Procedimentos e Implicações”. Contou também com quatro mini-cursos com ministrantes do Brasil, Espanha e Portugal. As comunicações orais e pôsteres foram divididos nos seguintes eixos temáticos: epistemologia da Arquivologia e formação profissional, inovação e sustentabilidade em arquivos, acesso à informação, documentos arquivísticos digitais, patrimônio documental e memória e gestão documental.

No ano de 2007, a AARS conseguiu sua inscrição na Seção de Associações Profissionais – SPA, do Conselho Internacional de Arquivos (CIA).  O CIA é a organização profissional da comunidade de arquivos, dedicada a promover a conservação, desenvolvimento e utilização do patrimônio mundial dos arquivos. Reúne os dirigentes de arquivos nacionais, associações profissionais de arquivistas, arquivos locais e regionais e arquivos de outras organizações assim como arquivistas individuais, contando com cerca de 1.400 associados em mais de 190 países.

Como entidade atuante no contexto arquivístico brasileiro, a AARS foi representante das associações de classe no Conselho Nacional de Arquivos (CONARQ), em 1997, em 2006 e em 2019. O CONARQ é um órgão colegiado, vinculado ao Arquivo Nacional do Ministério da Justiça, que tem por finalidade definir a política nacional de arquivos públicos e privados, como órgão central de um Sistema Nacional de Arquivos, bem como exercer orientação normativa visando à gestão documental e à proteção especial aos documentos de arquivo.

Em comemoração aos 20 anos de trabalho, em 2019, a AARS renovou sua imagem, lançando uma nova identidade visual. Manual de aplicação e versões da marca.

Atualmente a associação tem assento, nos conselhos…

  • COMINTER TJRS (Comissão Interdisciplinar de Preservação de Processos Judiciais Aptos a Descarte do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul)
  • CONARQ (Plenário do Conarq como Representante de Associações de Arquivistas)
  • Capitólio (Conselho Consultivo da Cinemateca Capitólio).