Série AARS Depoimentos: Arquivos na pandemia – Eliane Zalony Farias

Iniciamos na segunda semana de julho/2020 a Série AARS Depoimentos: Arquivos na pandemia. Hoje publicamos o quadragésimo depoimento.

A associada Eliane Zalony Farias relata o impacto da pandemia da Covid-19 no seu trabalho arquivístico.

Os depoimentos são publicados às quintas-feiras no site da AARS.

Eliane Zalony Farias
Acadêmica FURG
Rio Grande, RS.
Associada n. 532 da AARS

1. Qual o seu local de trabalho como arquivista?
Sou estudante, conclui a graduação este ano, até novembro de 2020 eu trabalhava como secretaria em uma clínica cardiológica no município do Rio Grande – RS, sai para que pudesse concluir a graduação.

2. Quais atividades desenvolvia antes da pandemia?
No local onde eu trabalhava, fazia atendimento ao cliente, registro de dados pessoais, autorização de exames e consultas, entre outros.

3. A pandemia mudou a sua rotina de trabalho? Se sim, conte-nos o que mudou.
Sim mudou muito, pelo fluxo de pessoas que frequentavam o local onde eu trabalhava, até a minha saída, mas quando passamos a realizar as aulas do curso em casa, sim esse foi um processo muito complexo, por ser de maneira online, o que foi uma novidade e um desafio grande tanto para nós como estudantes quanto para os professores que conseguiram se desdobrar para atender a demanda de estudantes que ingressaram na Universidade e ainda estão ingressando. Eu penso que aquele contato acolhedor e receptivo que tivemos, neste momento para os novos alunos fará muita diferença.

4. Depois que a pandemia passar, como será a volta ao trabalho? Que rotinas pretende retomar e quais manterá?
Quando a pandemia passar espero já estar atuando na área e adquirindo mais conhecimento, e praticar o que nos foi impedido devido as restrições. Porque algumas ações precisam ser realizadas presencialmente e com a pandemia não foi possível como os estágios e as disciplinas praticas.

Você pode gostar...